In Eye2Map, news

A APANT, em colaboração com a empresa The Race organizadora do Portugal Air Summit 2018, promoveu um painel dedicado às empresas portuguesas de sucesso na implementação de serviços com aeronaves não tripuladas (ANT).

Este é o caso da Eye2Map, uma empresa dedicada à prestação de serviços de processamento de imagem e informação geográfica obtida por drone, avião ou satélite, recorrendo a recetores GNSS para navegação de veículos e georreferenciação precisa dos dados. Através de Deteção Remota e Fotogrametria presta serviços para criação de Ortofotomapas, Cartografia e outros produtos de Modelação 3D.

Conforme apresentado pelo Óscar Moutinho, engenheiro geógrafo da Eye2Map, na área cartográfica as áreas pequenas podem ser facilmente ser levantadas com Drone e com um custo menor do que os métodos tradicionais. As grandes vantagens da utilização das aeronaves não tripuladas são, principalmente, as seguintes:

  • Rapidez de execução
  • Acréscimo de informação face à topografia clássica (Ortomosaico de alta resolução)
  • Mais barato que método convencional com avião tripulado
  • Possibilidade de homologação

A Eye2Map apresentou várias aplicações resultantes da utilização desta tecnologia como a estimação de produção na floresta, a estimação de produção agricola, a digitalização vetorial de estruturas arqueológicas e os levantamentos topográficos com grande detalhe, feitos com drones para prospeção mineira.

A Eye2Map é um exemplo das inúmeras aplicações que são já uma realidade com o desenvolvimento deste novo setor da aeronáutica. A Eye2Map é associada da APANT com um objetivo comum de promover as vantagens que foram apresentadas nesta cimeira e que terão um grande benefício para a sociedade civil.

Para mais informação e contatos: www.eye2map.com

Share This