In news

O pais helvético deu um passo de gigante numa aposta estratégica para implementar um sistema de gestão de tráfego aéreo para aeronaves não tripuladas. O sistema UTM, Unmanned Traffic Management, como se denomina nas siglas inglesas, é um sistema que deverá aproveitar muito do já implementado na indústria das aeronaves tripuladas, o chamado sistema ATM (Air Traffic Management) que nasceu para uma gestão otimizada do tráfego aéreo com segurança e eficiência.

A empresa suiça de prestação de serviços de navegação aérea, a Skyguide, e a empresa Airmap, estão a desenvolver com o apoio do Governo Suiço o primeiro sistema de gestão de tráfego aéreo para drones na Europa em linha com a estratégia anunciada pelo consórcio SESAR no seu documento sobre o conceito U-Space.

 

A primeira fase de testes começará no mês de junho de 2018 com o objetivo de integrar a plataforma da Airmap com a infraestrutura da Skyguide o que permitirá uma autorização de voo mais automatizada para o mesmo espaço aéreo. É sem dúvida um passo essencial para a integração segura deste tipo de aeronaves no espaço aéreo nacional e assim abrir a porta ao desenvolvimento seguro e sustentável deste promissor novo setor do transporte aéreo.

O nível de negócios e de serviços prestados pelas aeronaves não tripuladas será de uma dimensão incalculável, não só para as grandes empresas multinacionais como a Google, a Amazon, a DHL etc.., como também para outras áreas tais como a entrega de medicamentos ou apoio a catástrofes, e, certamente, para dinamizar todo o tipo de comércio. Para este propósito, os prestadores de serviços de navegação aérea poderão ser parte do negócio pela utilização dos novos sistema UTM proporcionando Segurança em todas as operações