In news

O pais helvético deu um passo de gigante numa aposta estratégica para implementar um sistema de gestão de tráfego aéreo para aeronaves não tripuladas. O sistema UTM, Unmanned Traffic Management, como se denomina nas siglas inglesas, é um sistema que deverá aproveitar muito do já implementado na indústria das aeronaves tripuladas, o chamado sistema ATM (Air Traffic Management) que nasceu para uma gestão otimizada do tráfego aéreo com segurança e eficiência.

A empresa suiça de prestação de serviços de navegação aérea, a Skyguide, e a empresa Airmap, estão a desenvolver com o apoio do Governo Suiço o primeiro sistema de gestão de tráfego aéreo para drones na Europa em linha com a estratégia anunciada pelo consórcio SESAR no seu documento sobre o conceito U-Space.

 

A primeira fase de testes começará no mês de junho de 2018 com o objetivo de integrar a plataforma da Airmap com a infraestrutura da Skyguide o que permitirá uma autorização de voo mais automatizada para o mesmo espaço aéreo. É sem dúvida um passo essencial para a integração segura deste tipo de aeronaves no espaço aéreo nacional e assim abrir a porta ao desenvolvimento seguro e sustentável deste promissor novo setor do transporte aéreo.

O nível de negócios e de serviços prestados pelas aeronaves não tripuladas será de uma dimensão incalculável, não só para as grandes empresas multinacionais como a Google, a Amazon, a DHL etc.., como também para outras áreas tais como a entrega de medicamentos ou apoio a catástrofes, e, certamente, para dinamizar todo o tipo de comércio. Para este propósito, os prestadores de serviços de navegação aérea poderão ser parte do negócio pela utilização dos novos sistema UTM proporcionando Segurança em todas as operações

Share This