In news

A Agência Europeia da Segurança Marítima (EMSA) publicou um concurso com a referência EMSA/OP/10/2018 para “Contracts for RPAS VTOL Services for Emissions Monitoring and Maritime Surveillance” (Contratos para serviços RPAS VTOL para monitorização de emissões e vigilância marítima).

O objetivo deste concurso é contratar serviços de Sistemas de Aeronaves Remotamente Pilotadas (RPAS) com descolagem e aterragem vertical (VTOL) no domínio marítimo civil no apoio às atividades de monitorização de emissões e vigilância marítima. A prestação de serviços com RPAS no domínio marítimo deve incluir sistemas, ferramentas e pessoal especializado relevante para pilotar remotamente a Aeronave Remotamente Pilotada (RPA), captar e disseminar os dados relevantes.

Existem 2 lotes:

1.- RPAS VTOL para monitorização de emissões: A plataforma RPAS deve ser capaz de descolar e aterrar na costa e terá as suas operações focadas em curto alcance.

2.- RPAS VTOL para vigilância marítima: A plataforma RPAS deve ser capaz de descolar e aterrar verticalmente na costa ou em embarcações operadas pelos utilizadores e terá as suas operações focadas em curto alcance.

A data limite para os candidatos se apresentarem a concurso é 18 de junho de 2018, e todas as submissões devem ser feitas eletronicamente.

Os documentos relevantes (convite para apresentação de propostas, caderno de encargos e apêndice, minuta de contrato) estão disponíveis em https://etendering.ted.europa.eu/cft/cft-display.html?cftId=3450.

Esperamos que este concurso venha a ter um vencedor nacional pelo que desde a Associação Portuguesa de Aeronaves Não Tripuladas (APANT) desafiamos a olhar para os termos do mesmo e ficamos inteiramente disponíveis para apoiar aos nossos associados neste interessante concurso.